terça-feira, 7 de abril de 2009

Barcas S/A outra vez! Esse problema é antigo..

Formulário SAC Barcas S/A submetido em 12/8/2008 às 10h38min10s

Categoria : Reclamação

Mensagem : Senhores,

É triste depender dos serviços oferecidos por esta empresa. Fico revoltado por ser tratado de forma tão humilhante, dia após dia e não enxergar "luz no fim do túnel". É duro constatar que a AGETRANSP também não faz nada para punir seus maus serviços, seja por incompetência ou por conveniência, não sei.

A falta de respeito é generalizada.

No dia 12/08 cheguei à estação NIterói às 8:15. Após enfrentar uma fila enorme e ser embarcado em uma das barcas antigas, conseguí chegar à Praça XV, uma hora depois.

Atracamos por cabos, em condição de extrema insegurança, por falta de estrutura adequada para atracação.

Alguns passageiros forma reclamar e solicitar o dinheiro de volta. Fomos tratados como "porcos" pelos seguranças e a polícia também não nos ajudou.

A Barcas S.A é uma vergonha para o Estado do Rio de Janeiro. Até quando vocês colocarão o lucro acima de tudo?

Nome : Vitor Monteiro Cabral

data : 12/08/2008

local ocorrencia : estação Praça XV

horário ocorrência : 9:15


Resposta da Empresa

From: sac@barcas-sa.com.br

Date: Tue, 12 Aug 2008 14:47:57 

R: Prezado Senhor Vitor,

Sendo a empresa, uma concessionária de transporte aquaviário, enfrentamos problemas não observados em outros meios de transporte público. Fatores como tempo, tráfego e lixo na Baía de Guanabara, influem diretamente na dinâmica operacional das embarcações.

Vale esclarecer no entanto que a criação do CCO (Centro de Controle Operacional) e a fixação dos quadros de horário nas estações demonstram o empenho da concessionária em minimizar o impacto dos fatores externos.

Realmente temos enfrentado problemas com as questões das filas nas estações. Informamos que a finalização dos novos atracadouros, proporcionando o embarque simultâneo de duas embarcações, deve equacionar substancialmente essas ocorrências.

Salientamos que tivemos problemas operacionais na manhã desta terça, prezando pela segurança dos nossos usuários, passamos os intervalos para 15 minutos, o que gerou um tempo maior de espera.

Esclarecemos que todas as embarcações tradicionais passarão por reformas e oferecem total segurança aos usuários.

Em nossa última pesquisa de opinião tivemos mais de 70% dos nossos clientes, em Niterói, avaliando a questão das filas entre regular e excelente. Reiteramos que estamos somando esforços para minimizar tais fatos. As obras de readequação das estações também irão ser fundamentais para otimização dos problemas referidos pelo senhor.

 Agradecemos o contato e as críticas educadas e pontuais, afirmando nossa intenção em criar uma agenda positiva com os clientes, fundamental para nosso desenvolvimento.

 Atenciosamente,

SAC - Serviço de Atendimento a Cliente

Barcas S/A

Gabriel Mattos

Estagiário - Assessoria de Marketing

Barcas S/A - Praça XV de Novembro, 34 - 9º andar

Centro - Rio de Janeiro - RJ - cep:20.010-010

Tel: 21- 2232-2482

sac@barcas-sa.com.br - www.barcas-sa.com.br

SAC - Serviço de Atendimento a Cliente

Barcas S/A

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Ajudem a divulgar o ATO do CINEMA ICARAI.
 
DIA 19 de Abril (Domingo)
 
10 da manhã
 
LOCAL: CINEMA ICARAÍ

AOS CIDADÃOS NITEROIENSES

O CINEMA ICARAI, foi tornado PATRIMÔNIO CULTURAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO em 26 de novembro de 2008, por ato do Governo Estadual, através do INEPAC (Instituto Estadual do Patrimônio Artístico e Cultural), atendendo a solicitação do IAB / RJ – Núcleo do Leste Metropolitano sensibilizado pelo Movimento dos moradores da cidade em defesa da manutenção do Cinema, iniciado no ano de 2006. Neste ano o cinema foi fechado e negociado com uma empresa do mercado imobiliário de Niterói, que intencionava construir em seu lugar um empreendimento imobiliário com shopping nos andares inferiores e prédio de quatorze andares em seu interior, mantendo exclusivamente, como “reminiscência”, a fachada do Cinema voltada para a Praia de Icaraí.

Porém o ato de Tombamento Estadual, não está sendo suficiente para resguardar o Cinema do desejo do capital imobiliário de transformar todas as construções da Cidade em edificações que retirem a máxima rentabilidade da multiplicação do solo urbano, desconsiderando valores culturais e referências históricas da população. Precisamos cobrar da administração pública uma intervenção em favor da permanência do Cinema Icaraí, como Símbolo Cultural do Niteroiense, transformando-o em um Centro de Cultura de Cinema para a Cidade.


NÚCLEO LESTE METROPOLITANO DO INSTITUTO DE ARQUITETOS DO BRASIL – DPTO. DO RIO DE JANEIRO. 

Atenciosamente,
 
Daniel Sousa