domingo, 23 de outubro de 2011

Aos queridos amigos do Cinema Icaraí...

Aos nossos queridos amigos do Cinema Icaraí,
 Esse bravo prédio, que guarda parte de nossas memórias niteroienses, continua refém de um grupo que não tem – se é que já teve algum dia na vida – algum amor por sua cidade, sua história e sua memória. Um grupo que só vê a lógica do $ e do Construdólar, a lógica daqueles que não têm respeito pela coletividade ou pelo direito à cultura e à civilidade.
Chegou ao nosso conhecimento, denúncia anônima com fotos recentes do Cinema Icaraí anexadas, mostrando suas janelas abertas e o telhado com telhas retiradas. O que leva alguém a fazer uma maldade desse porte, quando está em vias de vender esse imóvel, por preço mais do que justo? Esse imóvel foi comprado pela Kopex, ainda tombado, por 5,5 milhões, segundo nota de promessa de compra e venda, anexado à documentação de tombamento pelo INEPAC. Agora a Kopex está em vias de vendê-lo, ainda integralmente tombado, pelo valor de avaliação da Caixa Econômica Federal de 10,8 milhões, ou seja, quase duas vezes o valor pago inicialmente por essa empresa 5 anos atrás. A Kopex agora pede entre 13 a 14 milhões, um valor de especulação, que representa uma diferença vil diante do vulto de seus negócios em Niterói. Caso não venha a vender, a prefeitura está se propondo a desapropriar o imóvel no interesse da coletividade, então em que raios está baseada essa empresa para cometer tal crime contra o patrimônio tombado?
Segundo se comenta não parece ser a primeira vez que a empresa destelha o imóvel, com intuito de depredar o seu interior. O abandono do Cinema é estratégia sabida de pressão contra a população e para forçar a destruição do máximo possível de modo que não tenha mais sentido tal tombamento. Algumas pessoas aqui, orientadas pelas forças envolvidas estão fazendo pressão, apelando até para o que não existe, como, por exemplo, que esse seria um bem de família e que é feio, que não tem importância e que seu destino não diz respeito à sociedade. Esse conjunto de ações aparenta os atos de um caráter vil, de uma natureza destorcida, capaz de vingança e fé.



 

Vimos aqui pedir aos nossos amigos do Cinema Icaraí, aos políticos que se empenham nessa luta: Leonardo Giordano, Waldeck Carneiro, Renatinho do Psol, aos Deputados Marcelo Freixo, Chico Alencar e outros que sempre manifestaram o seu apoio, ao Promotor Dr. Luciano Matos, do Ministério Público Estadual, aos membros de nosso movimento, de outros que já levantavam a bandeira do Cinema Icaraí e de outros movimentos sociais com focos diversos, que se juntaram em torno da causa do Patrimônio Histórico e Cultural de Niterói, pela preservação de sua memória; a todos os Jornalistas e Empresários que estão aqui diariamente nos dando apoio e divulgando essa causa, gostaria que nos juntássemos na defesa de nossa Memória e pelo direito aos bens materiais e imateriais de nossa Cultura e déssemos um basta, de uma vez por todas nessa mal-fadada novela, exigindo-se do MP e da Justiça, que cumpram os embargos e sanções que já foram feitos à empresa proprietária e que efetivamente cobrem-se as multas, que se exija a reparação integral dos danos causados por anos de abandono e que a empresa seja processada por danos morais e materiais ao patrimônio histórico e cultural brasileiro.
DO JEITO QUE ESTÁ NÃO DÁ MAIS PRA FICAR! ATÉ PORQUE QUANDO NÃO SE IMAGINA SER POSSÍVEL MAIOR ATROCIDADE, UMA MOLECAGEM VIL É FEITA NA CARA DAS AUTORIDADES E NA CARA DA POPULAÇÃO QUE 1 SEMANA ATRÁS TROUXE 120 PESSOAS PARA DIZER QUE NÃO ACEITA ESSE ABANDONO.

Senhores(as) autoridades competentes, a conivência com esse crime é a justificação da barbárie! Por favor, tomem alguma providência, pois já não temos mais a quem recorrer.

Oscar Motta 


Sugestão do blog DN:  e se muita gente mandasse um email para a Ouvidoria do Ministério Público do RJ com as denúncias acima?:
"O que é a Ouvidoria?
A Ouvidoria é a porta de entrada do cidadão no Ministério Público. É ela que recebe as denúncias de danos ao meio ambiente e ao patrimônio público, desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor, má prestação de serviços públicos, abusos de autoridade, maus tratos a idosos, crianças e deficientes físicos, e de vários tipos de crimes (pedofilia, corrupção, pirataria, atuação de milícias, violência sexual, entre outros).
Qualquer pessoa pode enviar uma denúncia ao MP, inclusive de forma anônima. Basta saber de alguma violação da lei, de algum crime ou de outro ilícito. As informações devem ser objetivas. As denúncias também podem ser realizadas pela internet.
Como denunciar?
O denunciante não precisa se identificar para apresentar sua denúncia ao Ministério Público. Se desejar, poderá permanecer anônimo. As denúncias poderão ser feitas:
• Ligando para o telefone 127 (tarifa de ligação local);
• Apresentando sua comunicação pessoalmente, de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 20h;
• Pelo nosso site." (link abaixo da ouvidoria) 
http://www.mp.rj.gov.br/portal/page/portal/Internet/Cidadao/Ouvidoria_Geral

Um comentário:

  1. Cynthia,
    Apoio totalmente a causa.
    Entrei no link do MP, mas eles não tem espaço para anexo (com textos e fotos que poderia anexar com a exposição da questão).
    Você concorda que eu anexe o seu link (com essa matéria no "Desabafos" na mensagem para o MP?
    Bjs,
    Mabel.
    PS, vc sabe em que pé está a questão do destino/ uso do Caio Martins?

    ResponderExcluir

Lembre de assinar! Só comentários COM NOME serão postados.
Obrigado por participar!