quinta-feira, 22 de setembro de 2011

GERADOR DE ENERGIA A ÓLEO DIESEL PEGA FOGO EM CAMBOINHAS, Niterói

Niterói, 22 de setembro de 2011.

Ontem dia 21 de setembro de 2011,  o gerador de energia  a óleo diesel que alimenta a já embargada obra da PDG em Camboinhas pegou fogo.

As fotos anexas são por sí só explicativas.

A reserva da mata atlantica poderia ter sido incendiada se os bombeiros não chegassem a tempo. Parabéns aos bombeiros.

O que não se compreende é que uma obra embargada no dia 13 de abril de 2011, continua com um gerador de energia a óleo diesel(motor de caminhão) poluindo 24 horas o meio ambiente.

A fadiga deste motor, a falta de manutenção, a falta de extintores de incendio no estand de vendas da PDG,  poderia levar a um acidente de maiores proporções.

Eu, Roberto Guimarães Azevedo, signatário desta correspondencia eletronica, assumo toda e qualquer responsabilidade pela veracidade das fotos anexas.

Autorizo a publicação e a divulgação em qualquer meio.

Memória: 

O Inea (Instituto Estadual do Ambiente) embargou nesta quarta-feira (13) as obras do empreendimento imobiliário Oásis Resort de Morar, em Camboinhas, em Niterói, na região metropolitana do Rio. O motivo seria a falta da autorização para retirada da vegetação.
O Ministério Público Federal entrou na terça-feira (12) com uma ação de embargo para impedir a implantação de um empreendimento imobiliário. A Promotoria pediu, em liminar, a imediata paralisação do projeto do empreendimento.
Dezenas de unidades já foram vendidas, sem que o consumidor saiba que todo o empreendimento está inserido na Faixa Marginal de Proteção onde são proibidas novas edificações.





3 comentários:

  1. Bom, eu não entendo nada de geradores. Mas não vi nenhum dano a não ser no proprio equipamento da empresa. Acho que estão ocupando este otimo espaço para nada!!

    ResponderExcluir
  2. eu já acho muito esquisito esse "denunciante" estar no local na hora exata do incendio...parece até que ele sabia o que ia acontecer....

    ResponderExcluir
  3. Pior ignorante é o ambiental: dá um tiro no próprio pé, de seus familiares e descendentes. E viva o poder das grandes construtoras e abaixo o meio ambiente, não é mesmo? Me poupem...

    ResponderExcluir

Lembre de assinar! Só comentários COM NOME serão postados.
Obrigado por participar!