sábado, 27 de agosto de 2011

A verdade sobre a Fazendinha, Niterói - depoimento de uma leitora


Tenho muitas informações para passar para esse blog, sobre os antecedentes dessa audiência. O que está saindo na mídia é TUDO MENTIRA, a verdade segue aqui. Sou também uma DESAPROPRIADA DA FAZENDINHA!
Vou contar resumidamente o que aconteceu de novo:

1)Fomos traídos novamente. Essa audiência não é mais do Vereador Renatinho, passou a ser da Comissão Executiva da Câmara. Vai ser uma audiência do Legislativo, não mais da Associação de Moradores.
Na plenária do dia 24/08, o requerimento 133/2011 de Renatinho, protocolado em 19 de Agosto, que solicitava a confirmação da data da audiência, foi derrubado, e surgiu um novo requerimento de audiência 138/2011, da Comissão Executiva, protocolado em 24/08, que foi votado e aprovado por unanimidade.

2)Como a audiência não é mais do Renatinho, não vamos poder apresentar nenhum material que foi produzido pela Associação. Nos restará apenas aquele microfone para fala dos bobos.

3)Dia 25/08, a Associação de moradores teve uma reunião solicitada por Miguel da Secretaria de Integração Comunitária. Nesta reunião estavam presentes o Miguel, o Marcos Linhares/ Sec. de Habitação, a Regina /Sub Secretária de Habitação e o Felipe/Advogado da Prefeitura.

4)Nesta reunião foi dito o que vai acontecer de fato, veja o relato da Associação de moradores na íntegra, tudo foi gravado:
"Estivemos em reunião na sec. integração comunitária, estavam presentes o Miguel, a Regina (Sub-secretária de habitação) Felipe (advogado da PMN) e depois o Marcos linhares
A idéia do advogado era amedrontar a todos e dizer que, se eles quisessem poderiam tirar todos da região a qualquer momento, mas não farão isso e que não vai adiantar ir para audiência fazer barulho; disseram da intenção da PMN de indenizar as terras aos moradores( depois M Linhares disse que se isso acontecer será em juizo para a justiça decidir), as pessoas poderão trocar suas casas por um apartamento, mas não é certo que o mesmo fique quitado, que estão formando parceria com a defensoria pública para fazer um TAC e leva-lo à apreciação de um juiz, essa é a intenção deles e bla bla blá..
Novidade veio com a chegada de M. Linhares que disse estar vindo da Câmara e ter tido grande discussão com Renatinho, falou que há um novo polígono de 700.000 m2 que livra as árvores , mas não sobra ninguém na área, que o projeto agora é de 7000 unidades sendo 2000 para pessoas de até 10 salários, que será construído um condomínio de 420 unidades para os moradores em área próxima e depois eles poderão voltar para Fazendinha e que nada mais é negociável, porém se tivéssemos alguma sugestão ele estava pronto para receber. Dai o secretário da Associação de Moradores perguntou ao Secretário de habitação se era para se escolher, se queremos morrer de fuzil, revolver, faca ou canivete, ele não gostou e quando foi dizer que era intenção da PMN fazer um ...(ele esqueceu o termo), o Secretário da Associação de Moradores entrou novamente e disse "estupro". Para não se perder mais tempo o presidente da Associação se levantou e disse que era melhor terminar a reunião. Foi melhor assim." (Fim do relato) 

5)Foi falado nesta reunião também que dia 26/08, já estaria sendo publicado no jornal um novo decreto, com um novo polígono da área a ser desapropriada.

6)Hoje compramos o jornal (A Tribuna) e verificamos que realmente estava lá os novos 06 decretos, sem citar nome de ninguém, não falam mais nos Cruz Nunes, falam que será feito um laudo de avaliação por uma comissão avaliadora, e o polígono está todo descrito por coordenadas geográficas. Decretos A/B/C/D/E/F.

7)Com auxílio de topógrafos, essas coordenadas foram lançadas no mapa do google, e para nossa constatação, o NOVO polígono CONTINUA passando por cima de todos os moradores e por cima do Sítio Carvalho. Ninguém foi poupado.

8)Na verdade o NOVO polígono da desapropriação é o perímetro do projeto desse bairro que eles querem fazer.

09)Eles retiraram apenas 02 áreas ambientais, que no mapa do zoneamento da Região de Pendotiba, aparecem como área de especial interesse ambiental, pois são MORROS. Tava pegando mal demais! Essa é uma jogada pra poder conseguir a licença ambiental.

10)Mesmo depois de tanta resistência formada pela opinião pública, eles não cederam nada. Eles não estão nem aí para a população que vai ser removida, assim como não estão nem aí para o restante da população de Pendotiba e Niterói, que não concordam também com um Projeto desse tamanho dentro da cidade. 

11)Vejo que a tática deles agora é de dizer que são 'bonzinhos e corretos'. Vão dizer que: 
  • preservaram o meio ambiente,  
  • vão depositar o dinheiro em juízo para todos os posseiros, não vão mais pagar aos Cruz Nunes, 
  • vão garantir casas para remover todos os moradores desapropriados, 
  • vão fazer um TAC-Termo de Ajustamento de Conduta,
  • eles estão AGORA REALMENTE PREOCUPADOS,
  • antes estava tudo errado.
Nossa como isso me comoveu! Eles são bonzinhos, nós é que não prestamos!
12) A questão é a seguinte: não vamos sair dali.

13)O problema que eles esquecem, é que sabemos como a coisa deve ser feita, temos memória, e sabemos dos interesses que rolam por trás desse Bairro Modelo:
  • há 1ano e 2 meses que essa PMN desgraçou com as nossas vidas,
  • esse bairro é político, deixaram tudo para ser visto perto das eleições, para tentar ganhar voto, precisam disso, assim como Sergio Cabral e o Governo Federal,
  • os desabrigados estão até hoje por aí largados,
  • querem fazer um projeto grande, para atrair a atenção das construtoras, se for pequeno construtora nenhuma quer fazer,
  • para fazer um projeto grande, não existe lugar em Niterói, por isso tem que ser ali, na terras dos 'amiguinhos',
  • como eles vão resolver o problema das eleições, das construtoras e dos amiguinhos?
  • se isso não acontecer eles não ganham voto, as construtoras, não ganham dinheiro, e não entra dinheiro para dividir, assim como não entra dinheiro para ajudar na campanha eleitoral,
14)A Associação de Moradores vai fazer uma mobilização de RUA, neste dia 28, domingo à tarde em Pendotiba

Por favor, peço ajuda desse blog, para publicar essas informações. Vou mandar também para várias pessoas que conheço, para ver se elas conseguem publicar isso em outros jornais. 
Nos ajude por favor!

Angélica.
Desapropriada da Fazendinha

5 comentários:

  1. Tudo que foi dito pela Angélçica é a pura verdade. Não pode confiar de forma alguma neste Miguel (que não entende nada de projeto habitacional), neste Marcos Linhares e muito menos no prefeito e no seu grande amigo Morcazel. Eles não gostam de pobres e muito menos de desabaaarigados, pois eles estão no 3º BI totalmente abandonaos e muitos não rteceawbem o mAluguel Social. Há 22 anos esete prefeito nunca fez um projeto de habitação popular, só faz habitação para os ricos em acaordo com as Construtoras. Eu sou Conselheiro do COMPUR, e já solicite a dois meses que este projeto fosse apresntado no COMPUR, E A sEC. CRISTINAMmONERRAT DISSE QUE NÃO TINHA E AGORA O PROJETO APARECE DO NADA E PRONTO. Vai enganar outro e todos são uns verdaderiro MENTIROSOS E DISSIMULADOS E CARA DE PAU. VAMOS NA AUDIENCIA BOTAR TUDO A LIMPO E QUERO VER SE O PROJETO VAI APARECER, POIS ESTÃO FAZENDO TUDO ESCONDIDOS, COMO SEMPRE FIZERAM. NÃO SOMOS IDIOTAS E NEM BURROS. JOSÉ DE AZEVEDO PRESIDNETE DO CCOB

    ResponderExcluir
  2. associação da Fazendinha _ Sapê27 de agosto de 2011 16:15

    Na verdade a associação de moradores foi convidada para uma reunião pelo Sr Miguel Vitoriano, a princípio para tratar da documentação da associação, ja que ele havia afirmado na reunião do PLHIS que para a PMN nós não existia-mos. So não ficamos surpreso com a presença daquele jovem de terno, porque não nos surpreendemos mais com a PMN. Este jovem, muito falante se identificou como Felipe da defensoria do município e começou a falar das boas intenções de seu patrão em nos ajudar, ja que nossa situação era irreversível e muito difícil. Disse que o Sr Bruno Navega procurou o Defensor público geral para nos defender e que tudo e todos estavam se movimentando para nos atender. Acontece que não pedimos nada neste sentido. Quando se conseguia fazer uma pergunta a este jovem ele respondia outra coisa como "essa foi uma ação errada, mas não foi da defensoria" ou dizia que so respondia pela parte jurídica. Aliás essa é uma postura da PMN, te cobra como prefeitura, mas quando é chamada a responder pelos seus erros a Habitação diz "não fomos nós" a Emusa "isso não partiu de nós" a defensoria idem, como se fossem independentes e os erros de um não atingissem o outro. So que nós que sofremos os atos sabemos que todos partem daquele que ajudamos a eleger.
    Associação de Moradores Amigos N. Sra Conceição

    ResponderExcluir
  3. Vila Kenedy, Cidade de Deus e tantos outros aglomerados de pobres, vejam a periferia de brasília com suas cidades satélites, será que com tantos exemplos assim esses caras ainda vão conseguir fazer isso?
    Pelo amor de Deus!!!
    Sidnei

    ResponderExcluir
  4. Jorge Bumba só pensa e se reeleger e garantir as boquinhas para os amigos. Ao povo nada!
    Pedro Guimarães

    ResponderExcluir
  5. Não sei se a maioria das pessoas sabe, mas o projeto inicial da construção de moradias na Fazendinha foi proposto pelos Cruz Nunes à Prefeitura há mais de 5 anos. Era um projeto de construção de apenas 600 habitações, e incluía a transformação da área em reserva. A Prefeitura pegou a ideia, descartou a indenização aos Cruz Nunes, e ampliou de 600 para 7 mil habitações. O que vemos em Niterói hoje é a tentativa de criar um bairro como a Cidade de Deus. Pergunto: por que ao invés de criar um projeto único com 7 mil habitações, não se criam várias regiões em Niterói com cerca de 600 habitações, distribuindo a população por toda a cidade. Parece que vemos aqui a criação de um novo apartheid social. Vamos nos mobilizar para segurar o projeto até a saída desse prefeitinho e a renovação dessa câmara de vereadores que come na mão do famigerado.
    Demóstenes

    ResponderExcluir

Lembre de assinar! Só comentários COM NOME serão postados.
Obrigado por participar!