terça-feira, 9 de agosto de 2011

Parque da Cidade, Niterói.. Por que não: Parque Natural Municipal?

DN comenta a matéria abaixo publicada dia 06 n'OGlobo.

O Secretário tem razão: ampliar a área apenas como APA é muito frágil, acaba privilegiando os que já ocupam e/ou tem posse das áreas abrangidas, pois poderiam permanecer onde estão como determinadas/leves restrições de uso. 

Por que não lutar para transformar a área em Parque Natural Municipal, ou outra categoria da lei do SNUC (Sistema Nacional de Unidade de Conservação - link abaixo) ainda mais restritiva?!

As florestas remanescentes de Niterói constam indicadas em diferentes trabalhos técnicos-científicos (UFF e outros) como áreas prioritárias para a conservação, com destaque no âmbito da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Teriam até mesmo financiamento para isso...
Mas para tudo hay que ter interesse real, e não apenas eleitoreiro.. ;)

https://mail.google.com/mail/?ui=2&ik=a51f8de839&view=att&th=131ac0b860b14385&attid=0.1&disp=vah&zw

n'OGlobo por Thaís Sousa -06.08.2011 17h15m

Parque da Cidade: ampliar para preservar


A Secretaria municipal de Projetos Especiais quer ampliar os limites do Parque da Cidade, que passaria a ter quase um milhão de metros quadrados. A intenção é criar mecanismos mais efetivos de preservação do ecossistema local, além de incentivar o ecoturismo e o potencial de utilização do espaço como área de pesquisa. Em alguns dias, o projeto será finalizado e entregue ao prefeito.

Os estudos que estão sendo realizados pela secretaria apontam para a necessidade de expansão da Área de Preservação Ambiental (APA) do Morro da Viração, que passaria a compreender também os morros do Santo Inácio e do Cafezal, que têm as mesmas características naturais da APA. Esse lugares fazem parte do maciço que passa pelos bairros de São Francisco, Piratininga, Cafubá e Maceió.

Atualmente, o Parque da Cidade abrange apenas a Área de Preservação Ambiental (APA) do Morro da Viração, com 296 mil metros quadrados de área. Mas, para Sardo, na prática, a existência da APA é pouco para assegurar a preservação da região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lembre de assinar! Só comentários COM NOME serão postados.
Obrigado por participar!