sexta-feira, 3 de junho de 2011

Será que vai mesmo?: Niterói vai plantar árvores para combater aquecimento global

Secretaria de Meio Ambiente quer neutralizar emissões de gás carbônico.
Serão plantadas 1.500 árvores para atingir a meta de 'Carbono Neutro'.

no G1 Lilian Quaino
Aluno do Colégio Estadual David Capistrano planta uma árvore na escola. (Foto: Divulgação)Aluno do Colégio Estadual David Capistrano planta
uma árvore na escola. (Foto: Divulgação/Secretaria
de Meio Ambiente de Niterói)
A Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, começa o mês de junho, nesta quarta-feira (1º), com uma meta: "Carbono Neutro". A secretaria quer ser o primeiro órgão do Executivo do Estado do Rio a neutralizar suas emissões de gás carbônico com o plantio de árvores nativas de Mata Atlântica.
Segundo o subsecretário de Sustentabilidade, Ricardo Harduim, a estimativa é que a secretaria tenha que plantar 1.500 árvores no final do ano. A meta "Carbono Neutro" começa a ser perseguida a partir desta quarta-feira, quando Niterói abre as comemorações do Mês do Meio Ambiente com um evento no Museu de Arte Contemporânea (MAC).
“O Poder Público parte do discurso à prática. Niterói faz o seu dever de casa em relação às seriíssimas questões relativas ao aquecimento global calculando as emissões de carbono de sua secretaria e compensando com o plantio de árvores nativas de Mata Atlântica”, afirma Ricardo Harduim, explicando que os cálculos para a meta "Carbono Neutro" são feitos com base no Protocolo GHG (Greenhouse Gas Protocol).
O Protocolo GHG é uma metodologia internacional que permite a realização de inventários de gases de efeito estufa, para que empresas e instituições possam controlar sua emissão e colaborar para minimizar o aquecimento global. 
Atividades ao longo do mês
O Dia do Meio Ambiente será comemorado no domingo (5) com festejos a partir das 9h, no Campo de São Bento. Mas ao longo do mês haverá diversas atividades e eventos para marcar a data. Além de caminhadas e plantio de árvores, no dia 14, o Colégio Estadual David Capistrano, na Praça de Santa Bárbara, terá renovado seu título de primeira escola neutra em carbono do Brasil.
“Não faltará neste mês opção para quem deseja participar de eventos ecológicos e contribuir na construção de uma sociedade ainda mais comprometida com o meio ambiente”, afirma o Secretário de Meio Ambiente de Niterói, Fernando Guida, que no dia 24 de maio, aproveitando a passagem do vegetariano Paul McCartney pelo Rio, lançou o programa "Segunda sem Carne", estimulando as famílias a abrirem mão dos alimentos de origem animal pelo menos uma vez por semana.
Parece ótima a ideia de sequestro de carbono, plantar mudas de árvores... 
Agora pergunto: pra quê árvores nas calçadas e nos canteiros de toda Estrada Washington Luiz, no Sapê, se parte desta área está sob a mira de desapropriação por parte da PMN?! 
Plantar para depois arrancar?..

Isso mostra mais uma vez a desarticulação desta Prefeitura onde uma secretaria não tem ideia do que a outra pretende ou já está fazendo... 

E o Sapê, independente da questão da desapropriação, sim ou não, é uma das áreas já verdes da cidade!! Ou seja, se a política da SMMA é resgatar carbono, por que não planta em locais verdadeiramente carentes de verde?! 
Que investimento é esse que no fim vira mais uma sangria de dinheiro?!.. Um dinheiro público gasto absolutamente para nada.. 
E o ano eleitoral ainda nem começou!!


O estado esquizofrênico em que vive a PMN e suas secretarias é proposital, imagino, para manter seu 'funcionamento' nada funcional, onde manter funcionários batendo cabeças uns nos outros à cata de bússola, parece ser uma estratégia para iludir a população de que algo vem sendo feito em seu benefício, mas o que mais e mais observamos são atitudes totalmente desarticuladas mas na realidade totalmente 'orquestradas'...
O problema é saber que 'música' é essa e para quem..
Lança-se a dúvida: será que o objetivo da SMMA é remodelar o ar interiorano do Sapê e conferir-lhe um aspecto mais urbanizado, favorecendo - e aí sim articulada! - o alvo da especulação imobiliária, que às beiras de esgotar áreas tidas como nobres na cidade, pretende alçar seus tentáculos na direção do 'interiorrr' ?!

Demagogia? Hipocrisia? 
Ou 'planejamento' ?! Resta saber pra quem..
DesabafosNiteroienses



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lembre de assinar! Só comentários COM NOME serão postados.
Obrigado por participar!