sexta-feira, 6 de maio de 2011

Projeto da Prefeitura de Niterói e do Governo do Estado para o Caio Martins já estaria pronto


Niterói Consciente QUINTA-FEIRA, 5 DE MAIO DE 2011

Projeto da Prefeitura de Niterói e do Governo do Estado para o Caio Martins já estaria pronto

A Tribuna:


O processo do Edital de Manifestação de Interesse para que empresas apresentem propostas de modernização do Caio Martins ainda será publicado, mas um projeto de como o estádio ficará para as Olimpíadas de 2016 já foi elaborado para a Prefeitura de Niterói e o Governo do Estado e está praticamente pronto. A TRIBUNA, com exclusividade, teve acesso a maquete da nova área. À exceção da construção de prédio habitacionais conforme exigido pela Câmara Municipal, já foram definidos os itens internos e externos que passarão por reformulações, como a construção de um shopping.

O arquiteto do Projeto Caio Martins é Alexandre Veiga que elaborou um planta, para atender as competições esportivas, que a princípio não alteraria o campo. O desenvolvimento do projeto se daria na forma de permuta, com avaliação prévia do valor do terreno, com contrapartidas: construção de novo estádio, novo ginásio e novo parque aquático, além do escoamento das águas do entorno do complexo, inclusive com recalque (bombeamento); ou mediante venda, estabelecida em edital.
O escoamento das águas pluviais e fluviais seriam realizadas por baixo da Rua Pres. Backer até a praia, obra de R$10 milhões da própria Prefeitura de Niterói.

A remodelação do estádio começa, de fato, depois da efetivação dos estudos básicos, tais como: impacto de trânsito, meio ambiente, vizinhança, além do aporte econômico-financeiro, e sobretudo da segurança jurídica em torno do empreendimento.
De acordo com o projeto (foto), do lado esquerdo fica o novo estádio, com abertura de uma rua. Esta cruzando o complexo, para escoamento do shopping e do estádio, junto ao novo ginásio e novo parque aquático. 
Outro ponto polêmico é a construção de dois hotéis. Do lado direito da Av. Roberto Silveira, entrará um hotel numa "vila rosa". Do outro lado, na Rua Lopes Trovão, será outro hotel em permuta com a Associação Fluminense de Reabilitação (AFR). 

Apesar de a nova roupagem do estádio ter hotéis e shopping, o Caio Martins, que pode ser tombado, hoje, durante votação em segunda discussão como patrimônio público, não poderá vir abaixo. No entanto, o prefeito Jorge Roberto Silveira (PDT) prefere mudanças na concepção do estádio.
"Os benefícios são inúmeros: geração de milhares de empregos diretos e indiretos, novos equipamentos esportivos, melhoria da qualidade de vida. Tem que modernizar, a gente tem que deixar de lado esse saudosismo sem muito sentido. Eu espero que o Caio Martins realmente fique pronto a tempo de servir como apoio aos Jogos Olímpicos e ficar como um legado para a cidade", afirmou o prefeito.
 


Shopping e dois hotéis??
Fica cada vez mais claro que o Governo do Estado não quer investir, e sim lucrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lembre de assinar! Só comentários COM NOME serão postados.
Obrigado por participar!