terça-feira, 10 de maio de 2011

Consórcio de Belo Monte pede afastamento de procurador




n'AFolha Felipe Luchete 09/05/2011 - de Belém



O consórcio Norte Energia, responsável pela construção da usina Belo Monte, no Pará, pediu no Conselho Nacional do Ministério Público o afastamento do procurador Felício Pontes Jr. de questões referentes à hidrelétrica.
Conforme documento divulgado nesta segunda-feira pelo Ministério Público Federal, a Norte Energia diz que o procurador "age como incendiário" e apresenta "inegável parcialidade" por divulgar uma série de artigos contrários à obra em um blog (www.belomontedeviolencias.blogspot.com).


O consórcio pediu ainda que o link do blog fosse retirado do site da Procuradoria, criticando "a grosseria e a intolerância" contidas nos artigos e nos comentários dos leitores. "Seu discurso é direcionado a estimular a revolta dos índios e da sociedade", diz o documento.
A Folha deixou recado com a assessoria do consórcio, mas não obteve resposta.
Pontes disse que o Ministério Público pode demonstrar posição porque é parte, não juiz, e que o site da Presidência da República tem link com o blog oficial do consórcio. Para ele, a atitude demonstra que as justificativas para a construção da usina não se sustentam. "Em vez de combater os argumentos dos textos, eles optaram pela não divulgação."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lembre de assinar! Só comentários COM NOME serão postados.
Obrigado por participar!