quarta-feira, 17 de novembro de 2010

DN pergunta: O que você acha disso? - Organização internacional defensora da maconha pode ter base em Niterói

n'OFluminense por: Fernanda Alves 17/11/2010

Ong que luta pela descriminalização da Cannabis desde 1970 afirma que município pode dar início a movimento de abertura do Brasil para reavaliação das leis antidrogas

Niterói foi escolhida para ser a primeira base da Organização Não Governamental Norml (sigla em inglês para Organização Nacional para a Reforma das Leis sobre Maconha), uma das mais famosas organizações mundiais que luta pela reavaliação das lei antidrogas e pela descriminalização da maconha.
A instituição foi fundada em 1970, nos Estados Unidos, e hoje atua em outros cinco países. 
Segundo Ranieri Guimarães, diretor da Brasil Norml, que atualmente mora na Califórnia, a cidade foi escolhida por ser sua segunda casa.
“Fui nascido e criado em Niterói. Era morador do bairro de Icaraí, e acredito que ela possa ser a origem deste movimento de abertura do Brasil para os benefícios que podem ser extraídos da Cannabis”, explicou Guimarães.
Ele garante que a intenção do grupo não é a legalização da droga de forma desordenada.
“Queremos trabalhar em parceria com os governos, tanto federais como estaduais e municipais. É importante tratar o assunto com seriedade, trabalhando a questão nas instituições de ensino. Temos a intenção de inicialmente incentivar a legalização da droga para o uso medicinal e industrial, para a comercialização de produtos feitos pela planta, como por exemplo tecidos e barbantes”, adiantou.
A intenção é que a maconha seja, inicialmente, usada para ajudar em tratamento de doenças graves onde o paciente atualmente faz uso de medicamentos fortes para diminuir a dor e abrir o apetite, como câncer e Aids.   
O grupo já estuda a participação na primeira marcha da maconha em Niterói. Os detalhes do evento ainda não estão definidos, mas no dia 25 será realizada uma reunião sobre o tema no DCE da Universidade Federal Fluminense (UFF), às 19 horas.
DesabafosNiteroienses pergunta: E você, leitor deste blog, qual sua opinião?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lembre de assinar! Só comentários COM NOME serão postados.
Obrigado por participar!