quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Deu no Fluminense: Expansão da região de Pendotiba desperta interesse de investidores

Senhores, mais um artigo d'O Fluminense de 24/08/10 ...
Abraços a todos Valéria (Orquideas I)
Por: Letícia Mota 23/08/2010
Com terrenos disponíveis para a construção de condomínios com grandes espaços de lazer e excelente localização, bairro está se tornando a 'menina dos olhos' do mercado imobiliário.
Uma região composta por dez bairros cercada de verde, com temperaturas amenas, comércio e serviços e, que está se tornando a “menina dos olhos” do setor imobiliário. Essa é a definição dos construtores para Pendotiba, em Niterói. Especialistas do setor explicam que a expansão da região é um consequência do fato de ainda haver terrenos disponíveis para a construção de condomínios com grandes espaços de lazer e estar localizada em uma área a poucos minutos das praias da Região Oceânica de Niterói, além de oferecer vasto comércio e serviços.
Para Bruno Serpa Pinto, diretor-geral da Patrimóvel-Niterói, a região está crescendo e deve alcançar sua maior valorização nos próximos dois anos, quando os empreendimentos que estão sendo lançados ficam prontos. “Pendotiba está se tornando a ‘menina dos olhos’ do setor imobiliário de Niterói por diversos fatores, como localização e mobilidade, oferta de terrenos e a existência de um comércio forte, que conta ainda com o diferencial de um clima mais ameno que o resto da cidade”, avalia, explicando, ainda, que a expansão do bairro é recente, já que há cinco anos havia escassez de novos imóveis e serviços.
De acordo com Rodrigo Alves, diretor comercial da CALL Construtora, a ocupação das regiões de Icaraí, Jardim Icaraí e Ingá já está se aproximando do limite e, por isso, a expansão natural da cidade se dará num primeiro momento para a Região Oceânica e para Pendotiba.
Bola da vez dos projetos habitacionais
“Diferente da Região Oceânica, que também é muito procurada para veraneio, Pendotiba virou ‘a bola da vez’ por englobar vários conceitos: morar num clima ameno, com muito verde, no meio do caminho entre a cidade e as praias. Além disso, dotado de infraestrutura que cada vez mais se expande, abrigando o novo Fórum, escolas, clubes e centros comerciais”, explica.
Para Naum Ryfer, diretor da Pinto de Almeida, Pendotiba pode ser a resposta para o crescimento habitacional que Niterói deve experimentar nos próximos anos, em função de projetos importantes, como o Complexo Petroquímico em Itaboraí. “O crescimento de Pendotiba é vital para o desenvolvimento da cidade, desafogando bairros como Icaraí e Jardim Icaraí”.
Serpa Pinto diz que o perfil dos moradores que estão adquirindo os lançamentos imobiliários da Região, que custam a partir de R$ 150 mil, são jovens que já moram no local e estão iniciando nova fase da vida e querem qualidade de vida e infraestrutura”, avalia.
Grande aposta das construtoras
A Pinto de Almeida, que aposta na região desde 2006, lançou nos últimos meses empreendimentos residenciais e comerciais, como o Portal de Pendotiba, lançado em março, que vendeu 90% de suas 118 unidades em apenas um mês. Também está na lista o Residencial Viva Pendotiba, na Estrada Caetano Monteiro, que tem entrega prevista para março de 2013, além do Futura Shops & Offices, um centro comercial moderno.
O condomínio contará com 304 apartamentos, com preços médios a partir de R$ 170 mil, distribuídos em seis prédios de apenas cinco andares mais a cobertura e uma completa infraestrutura de lazer, com parque aquático, playground coberto e ao ar livre, academia e outros.
Na semana passada foi a vez da Call Construtora lançar um novo empreendimento na Região. O Residencial Vale das Paineiras, na Estrada Engenheiro Pacheco de Carvalho, oferece 144 unidades com 2 quartos – sendo uma suíte – dotadas dos conceitos mais modernos de ecorresponsabilidade como telhado verde e aproveitamento das águas da chuva nas áreas comuns, além de ampla área de lazer com sauna com mergulho e campo de futebol. O preço médio dos apartamentos é de R$ 170 mil.

Um comentário:

  1. Curioso que apesar dos comentários serem de que Pendotiba "conta
    ainda com o diferencial de um clima mais ameno que o resto da cidade",
    as construtoras estão contribuindo para acabar com esse diferencial.
    A maioria dos empreendimentos está derrubando a área verde e construindo
    prédios cercados de áreas pavimentadas, com pouquíssimas árvores. O
    citado "Residencial Viva Pendotiba" é um exemplo disso: seis prédios
    muito próximos uns dos outros (construido em uma área que era uma horta
    há 30 anos atrás), que fica ao lado de outro conjunto semelhante, com
    pouquíssimas árvores. Eles estão acabando com o diferencial de Pendotiba!

    Abraços,Tomás

    ResponderExcluir

Lembre de assinar! Só comentários COM NOME serão postados.
Obrigado por participar!